Considerado por muitos como o Santuário mais antigo de Portugal, a sua história remonta aos séculos VII e VIII. À semelhança de outros Santuários de País, liga-se a uma lenda referente ao aparecimento da Nossa Senhora da Abadia, nome que tomou do local.

História

Igreja de Nossa Senhora da Abadia
Santuário

O Santuário atual situa-se no século XVIII, precisamente no mesmo local onde existiu uma ermida, não havendo qualquer vestígio dos edifícios que ali existiram anteriormente.

O primitivo santuário denominado de Mosteiro das Montanhas, que servia para o recolhimento religioso, do qual a imagem da Virgem Maria era a representação.

Com a invasão árabe, os ermitas esconderam a imagem da Virgem Maria, ficando desaparecida por muito tempo. A reaparição da imagem só aconteceria no século XII, o que determinou a edificação de uma ermida. Destes dois edifícios não restaram quaisquer vestígios quando se realizou a edificação do atual Santuário, desconhecendo-se por completo o autor da obra.

Descrição

Está situado no perímetro da Serra do Gerês, no local da Abadia, o que viria a dar o nome à ribeira que por ali passa e também ao próprio Santuário da Nossa Senhora da Abadia.

Este pequeno local, retomou a ideia original de que a igreja deveria acolher todos os seus romeiros, sendo necessário edifícios para tal função. Assim sendo, o recinto forma-se com a igreja numa das pontas, com as laterais constituídas pelas casas das Ofertas e dos Quartéis. Ao centro ergue-se o cruzeiro.

Fachada

Igreja de Nossa Senhora da Abadia
Fachada
Igreja de Nossa Senhora da Abadia
Nicho na
Fachada
Igreja de Nossa Senhora da Abadia
Lado sul
Igreja de Nossa Senhora da Abadia
Lado norte

A igreja apresenta uma planta retangular formada por nave e capela-mor.

A fachada é rasgada por três portas referentes às três naves, de moldura reta, e sobrepujada de um entablamento que encerra num frontão triangular.

A fachada é antecedida por duas torres sineiras, que tem como base um nártex aberto por três arcos, dos quais os dois laterais são em arcos perfeitos e mais estreitos que o central, em arco abatido. Este último está encimado por uma pedra de armas e no topo um nicho com a imagem da Nossa Senhora da Abadia. A rematar esta parte central está um pequeno frontão contracurvado.

Nas laterais, as torres sineiras apresentam no segundo registo cartelas onde se enquadram os relógios. Seguem-se as sineiras nos quatro lados de cada torre que são rematadas por pináculos e coberturas curvas.

Interior

Igreja de Nossa Senhora da Abadia
Nave Central
Capela-mor
Igreja de Nossa Senhora da Abadia
Nave Central
Entrada
Igreja de Nossa Senhora da Abadia
Retábulos direita
Igreja de Nossa Senhora da Abadia
Nave direita
Igreja de Nossa Senhora da Abadia
Retábulos esquerda
Igreja de Nossa Senhora da Abadia
Nave esquerda
Igreja de Nossa Senhora da Abadia
Capela-mor
Esquerda
Igreja de Nossa Senhora da Abadia
Altar-mor
Igreja de Nossa Senhora da Abadia
Capela-mor
Direita

O interior é formado por três naves separadas por arcos de volta perfeita, cuja cobertura é em abóbada de cruzaria de ogivas em madeira pintada. São ornamentadas por sanefas de talha em estilo rococó, dourada e policromada, que podemos observar no arco triunfal, nas janelas e nos retábulos laterais, dinamizando o corpo da igreja.

A capela-mor tem no retábulo principal a ocupação total da parede fundeira, exibindo uma tribuna de grandes dimensões, com trono piramidal.

Casa das Ofertas
Casa das Ofertas
Casa dos Quartéis
Casa dos Quartéis

Classificação

O conjunto do Santuário de Nossa Senhora da Abadia está classificado como Interesse Público.

Localização

Este Santuário está situado na localidade de Abadia, a cerca de 2 quilómetros a nordeste da sede de freguesia, Bouro de Santa Maria.

Coordenadas GPS: N 41 40.511' W 008 15.500'  (41.67518, -8.25833)
Bouro de Santa Maria, publicado em por

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Recentes