Neste local existem vestígios da civilização romana, do século I, com modificações nos séculos II e IV. Ali encontramos termas, um jardim e um templo que entretanto foi convertido num convento dedicado a São Cucufate.

As Ruínas

Ruínas Romanas de São Cucufate
Ruínas de São Cucufate

A vila romana de São Cucufate, ruínas da vila Áulica do século I, mostra termas, um jardim e um templo, possivelmente pertencentes a uma importante casa agrícola.

Ao longo do tempo teve várias modificações, sendo a casa reconstruída no século IV transformando-se numa vila palaciana.

O Exterior

Dois corpos laterais com contrafortes serviam como base para o andar superior, que já não existe. Estes corpos são unidos por arcadas. Aqui estaria a zona residencial. Três escadarias davam acesso à área superior, descoberta, mas ligada a outra área fechada de que restam alguns sinais.

O Interior

Uma sala servia de armazém de vinho e de azeite. Uma sala de refeições é composta por uma mesa com três leitos.

A zona nobre, no piso superior, era acessível por uma escada mais íngreme. Uma varanda ao longo da fachada completa o conjunto.

Ainda restam as canalizações para aquecimento das salas a partir da zona das fornalhas.

Capela e Anexos

O templo, situado junto da entrada da vila, foi no século V transformado num convento dedicado a São Cucufate.

No jardim nota-se vestígios de um tanque que foi possivelmente utilizado como piscina.

Classificação

Foi classificada como Monumento Nacional em 1947.

Localização

Coordenadas GPS: N 38 13.345' W 007 50.709'  (38.22242, -7.84515)

Referências

Temas / Tags

Vila de Frades, publicado em por