Solares

Um solar é uma casa de uma família nobre ou abastada, uma residência de luxo. Algumas foram adaptadas para hotéis, hospitais ou para outras utilizações, outras continuam a ser ocupadas pelos descendentes ou familiares dos originais, outras ainda estão abandonadas e em ruínas.

  • Neste local existem necrópoles medievais, um santuário com a capela, dos séc. XVI a XVII, dedicada ao Senhor da Boa Morte e ruínas de um solar dos séc. XVI a XVIII.
  • Situado na artéria principal de Vouzela, do início de século XVII, é um solar edificado para residência do Conselheiro Morais de Carvalho, seu primeiro dono e residente.
  • O edifício da Câmara Municipal foi o Solar dos Viscondes de Oleiros, fazendo parte dos edifícios que se situavam fora das muralhas nos sécs. XVII e XVIII.
  • Solar dos Castros, esta casa foi edificada em 1777 aproveitando as estruturas anteriores, as abóbadas da cozinha e tulhas para cereais.
  • Tal como a casa que se encosta a este edifício é do séc. XVIII, uma casa solarenga urbana que foi edificada para servir de residência dos Condes de Arouce.
  • Este gracioso e imponente Solar, uma construção do século XVIII, pertence à Família nobre Serpa Côrte Real. Destaca-se a magnífica e esplendorosa fachada de estilo barroco.
  • Solar campestre cuja fachada cenográfica, dividida em três corpos por pilastras, se desenvolve horizontalmente, seguindo uma tipologia arquitetónica de Nasoni.
  • Situada na parte mais alta da vila, a Casa do Terreiro rodeia, com a Igreja Matriz e a do Espírito Santo, a beleza do Jardim dos Centenários.
  • No centro da parte histórica de Barcelos, no Largo Dr. José Novais, está situada aquela que é considerada um dos edifícios manuelinos mais completos e perfeitos que existem no concelho de Barcelos.
  • Também denominada por Solar de Camarido, está situada próximo da Estação de Caminhos de Ferro, na parte nova da vila de então. Casa quinhentista, dos inícios do século XVI, é considerada o solar...
  • A sua origem poderá remontar ao séc. XV, tendo sido encontrada na sua propriedade a pedra do couto de homiziados com as armas reais de D. Afonso V.
  • Situada na rua Abade de Baçal, este solar citadino, pertencente à família dos Távoras, pode estar compreendido entre os sécs. XV e XVI.
  • O conjunto dos Coimbra, assim denominado à Casa e Capela, está situado no centro histórico, com a casa para o largo de Santa Cruz e a Capela para o largo de São João de Souto.
  • Esta é a fachada de um dos maiores projetos arquitetónicos e de referência obrigatória do património do Sardoal, denominada de Casa Grande ou Casa dos Almeidas.
  • Esta casa senhorial em Bornes terá pertencido a alguma família abastada da região. Segundo informações locais, o dono da casa era o pai de um dos habitantes atuais da aldeia. Resiste de...
  • Situada no centro da aldeia, muito perto da Igreja Matriz, um belo edifício muito provavelmente do séc. XVIII ou séc. XIX, com a capela adossada à casa.
  • Casa de Rande - sucessora de antiga vila romana cujo senhor, Randus, deu nome à freguesia, derivada do poderio da "Randi Villa". Casa da Torre - solar setecentista, onde nasceu o aviador pioneiro...
  • De uma quinta de recreio surge o Paço do Sobralinho fundado no século XVII. O antigo solar do Sobralinho pertenceu aos Condes de Vila Flor, desde1661, tendo sido o primeiro proprietário o 1º Conde,...
  • Este edifício, um antigo solar, foi edificado no século XVII. É constituído por dois pisos com janelas de sacada no primeiro andar, e atualmente funciona como Paços do Concelho.
  • Atualmente conhecido como Palácio de Alqueidão, também é conhecido por Solar do Visconde de Almeidinha ou de Alqueidão e de Nossa Senhora das Neves.