Século XVIII

O Século XVIII foi o século da revolução industrial, das ideias iluministas e acontecimentos históricos em Portugal como o terramoto de 1755. Muitos monumentos ficaram destruídos naquele fatídico dia 1 de novembro, sendo depois muitos deles reconstruídos ou recuperados, agora segundo os métodos e estilos mais recentes. Sendo o final da Época Moderna e o início da Contemporânea, foram construídos monumentos mais modernos, mais atuais, muito diferentes dos clássicos.

  • Situada na rua que atravessa esta aldeia, esta capela foi construída no séc. XVIII, mais concretamente no ano 1759, sob um estilo barroco e rococó.
  • Esta capela foi edificada no séc. XVIII a nível privado. Por morte do proprietário ou pela devoção deste, a capela foi doada ao Cónego Silva Martins que por sua vez acabaria por doar à Paróquia.
  • Datada do séc. XVIII, está situada à entrada de Safara para quem vem de Moura. O seu exterior é de uma arquitectura simples e redonda, tal como o interior.
  • A Capela ou Ermida de Santa Bárbara tem origem no século XVIII, sendo alterada e ampliada nos tempos seguintes. A fachada principal é antecedida por um grande alpendre onde se situa um altar para...
  • Também conhecida como Capela das Almas, está situada na famosa Rua Santa Catarina, mostrando a sua raridade dos revestimentos de azulejos.
  • Mais um templo religioso a pertencer ao séc. XVIII, também incorporado no espaço residencial da Família Serrão da Mota.
  • Antes de Santa Eufémia, este Templo religioso foi invocado ao Divino Espírito Santo, pertencente ao séc. XVIII em estilo Barroco.
  • A ermida original foi dedicada a Santa Helena e consequentemente o nome da vila de Santa Cruz. Edificada entre os sécs. XV e XVI, a atual é pertencente ao séc. XVIII.
  • A Capela de Santa Marta e Nossa Senhora das Necessidades, localizada próximo do Parque de Santa Marta, teve a sua construção no séc. XVIII, em 1760.
  • Sem indicação de qualquer passado que este templo possa ter, limita-se somente a ter uma data de que foi edificada durante o século XVIII, e tem como orago Santa Rita.
  • É uma ermida situada a poucos quilómetros de Bragança que é pouco conhecida dada a sua localização. É no entanto um local agradável para uns passeios e descanso, além da função religiosa.
  • A construção desta capela é do século XVIII, provavelmente construída no lugar onde existiu uma outra do século XVI.
  • Situada em Martim Afonso, freguesia de Santo Quintino, a Capela de Santo Amaro é datada possivelmente do século XVIII.
  • A poucos metros do centro, no sentido da nacional 344, vamos encontrar esta Capela de Santo António, sem qualquer descrição. Sabe-se porém que é um edifício do século XVIII. De planta retangular, é...
  • A pequena Capela de Santo António, um exemplar barroco do século XVIII, situa-se próximo do centro de Vila Verde. Segundo uma inscrição na porta da sacristia, é datada de 1721.
  • Esta ermida data do século XVIII e está situada num local com uma excelente vista sobre a aldeia.
  • Esta capela, do século XVIII, é um edifício composto por dois corpos, com nave única retangular e capela-mor de planta circular.
  • Esta Capela do Santo Cristo das Chagas está situada num pequeno largo no qual existe um cruzeiro que possivelmente pertence à mesma época.
  • Situada no largo da aldeia, foi edificada no ano de 1743 sob o estilo barroco joanino, vindo substituir uma capela anterior do S. Bartolomeu.
  • Uma capela do século XVIII situada no final de uma rua no extremo norte da localidade, em que se destaca a grande escadaria que antecede a porta retangular e a sineira a truncar a empena.