Século XVIII

O Século XVIII foi o século da revolução industrial, das ideias iluministas e acontecimentos históricos em Portugal como o terramoto de 1755. Muitos monumentos ficaram destruídos naquele fatídico dia 1 de novembro, sendo depois muitos deles reconstruídos ou recuperados, agora segundo os métodos e estilos mais recentes. Sendo o final da Época Moderna e o início da Contemporânea, foram construídos monumentos mais modernos, mais atuais, muito diferentes dos clássicos.

  • A Igreja Matriz de Gouvães do Douro foi construída no século XVIII. Destaca-se a torre sineira no lado direito da igreja num plano recuado. Esta é composta por uma parede ladeada por pilastras e...
  • A Igreja de São Mamede é um templo barroco do séc. XVIII. Correspondente ao verdadeiro contraste rural, a igreja mostra-nos a sua simplicidade em modestas proporções.
  • Igreja da Nossa Senhora da Purificação, foi construída no século XVIII sobre uma outra em ruínas ou de vestígios dela de época anterior e da qual não há qualquer memória.
  • Esta igreja dedicada ao seu orago São Cristóvão é uma construção do princípio do século XVIII, de planta retangular, formada por nave e capela-mor retangulares, com a fachada principal ladeada pelas...
  • Mais de quatrocentos anos de existência, é a única informação que a Igreja de Macinhata de Seixa tem referente no seu historial.
  • Dedicada a Nossa Senhora dos Remédios, a Igreja Matriz de Messejana situa-se no ponto mais alto da vila com uma paisagem excelente sobre toda a área em redor.
  • A atual Igreja Matriz, datada do séc. XVIII, remonta-nos ao período anterior à nacionalidade, sofrendo uma reconstrução no séc. XIV, de não restou qualquer vestígio artístico.
  • Dedicada a Nossa Senhora da Assunção, a Igreja Matriz de Montalvo só tem como referência a edificação, sendo do terceiro quartel do séc. XVIII.
  • A Igreja Matriz de Nisa foi construída no séc. XVIII no local de uma primeira igreja do séc. XVI que estava muito degrada e ruiu pelo terramoto de 1755.
  • A igreja foi construída no século XVIII, tendo sido restaurada após vários incêndios. Tem um espólio do século XVIII, entre as quais a imagem de Nossa Senhora da Encarnação.
  • Igreja Matriz, do séc. XVIII, sob a invocação da Senhora do Rosário.
  • Edificada entre os anos de 1719 e 1729, a Igreja Matriz de São Miguel é notória pela fachada e pela escadaria frontal que lhe dá acesso.
  • Datado do séc. XVIII, este templo maneirista de planta longitudinal é composto por nave única, capela-mor retangular e torre sineira destacada.
  • A Igreja Matriz de Poiares, dedicada a Santo André, uma edificação do século XVIII, está localizada no Centro Histórico de Vila Nova de Poiares, junto com o edifício dos Paços do Concelho e o Jardim...
  • Edificada em 1737, também conhecida por Santa Marinha e considerada como a mais antiga do concelho, esta igreja é de um grande valor interior como exterior.
  • Igreja Matriz de Roge, dedicada a S. Salvador, datada do séc. XVIII, é de traça barroca. A sua fachada é de inspiração joanina e de uma riqueza ornamental.
  • A Igreja Matriz de Sabrosa foi construída no local onde terá existido a capela que pertencia à casa de Fernão de Magalhães. Esta capela foi demolida no século XVII, sendo a nova igreja construída no...
  • Também conhecida como Igreja de São João, pertence à segunda metade do séc. XVIII.
  • No extremo sul da aldeia situa-se a Igreja Matriz de Santa Catarina, construída no séc. XVIII. Tendo a fachada ruído em 1817, foi reconstruída 57 anos depois.
  • A Igreja Matriz, dedicada a Nossa Senhora da Conceição, é um imóvel do século XVII / XIX de grandes dimensões.