Século XVII

O Século XVII mostra o tempo da revolução científica, de Newton, Leibniz, Galileo, Descartes, Pascal e muitos outros. Foi o tempo da colonização das Américas. O estilo barroco predominava e com ele muitas obras foram criadas ou modificadas.

  • A primeira Igreja de Santo António foi construída pela criação da paróquia, em 1696. Destaca-se o retábulo da capela-mor em talha dourada, tendo ao centro a imagem de Santo António. Um dos altares...
  • A Igreja de Santo António do Postigo ou Ermida de Santo António é uma ermida simples sem decoração exterior, do século XVII, remodelada após o terramoto de 1755.
  • A Igreja de Santo António dos Capuchos é uma segunda parte que completa o Convento, ambos os edifícios do século XVII, pertencentes à arquitetura maneirista.
  • A Igreja de São Bartolomeu pertence a uma povoação bastante antiga que remonta ao tempo do neolítico, tendo sido encontrados neste recinto vestígios dessa antiguidade.
  • A Igreja de São Cucufate, atualmente conhecida por Igreja de São Tiago, é uma construção original do século XII, mas da qual apenas resta atualmente uma lápide comemorativa.
  • Construída nos séculos XVII ou XVIII, com a extinção das Ordens Religiosas, em 1834, o templo caiu em abandono e consequentemente assistiu-se à sua degradação.
  • É na freguesia de São João Batista que o centro histórico se centraliza e, como tal, a Igreja Matriz que usa o mesmo nome está nesse canto da Vila.
  • A Igreja de São João Evangelista das Carmelitas surgiu através do Convento das Carmelitas Descalças, sendo iniciado em 1610 como residência de D. Brites Lara.
  • Esta igreja com o colégio anexado fazem parte da Ordem Religiosa Jesuíta, como se pode ver pelo estilo na fachada principal da igreja. O templo data do ano de 1624, estando terminado em 1640.
  • A construção desta igreja corresponde aos séculos XVII e XVIII, tendo sido construída sobre a antiga igreja com o nome de São João de Belmonte, do século XVI.
  • Uma construção do século XVII, a Igreja Matriz de Oliveira do Bairro é dedicada ao Padroeiro da Freguesia, o Arcanjo São Miguel.
  • Também conhecida como Igreja de Nossa Senhora de Ajuda, pertencia aos frades eremitas de São Paulo, datada do ano de 1606.
  • Esta Igreja de São Pedro deveu-se à falta de instalações para as funções da Irmandade de São Pedro, uma vez que esta ordem se servia da Igreja da Misericórdia.
  • A Igreja de São Pedro é uma construção do século XVII, por ordem das irmãs Branca Nunes Grandia e Leonor Correia Coutinho, entre 1672 e 1681.
  • Este templo fazia parte do Convento dos Agostinhos Descalços, havendo a possibilidade de pertencer ao início da segunda metade do século XVII, sendo por isso do estilo barroco.
  • Também conhecida como Igreja Paroquial de Serra D´El Rei, está situada no centro da pequena vila desde o século XVII, seguindo por isso um estilo maneirista.
  • De construção do século XVII, foi sido inaugurada em 1652, dedicada ao mártir São Sebastião.
  • Datada no séc. XVII, destaca-se no interior uma capela dedicada a Nossa Senhora da Penha de França, com retábulo em talha dourada policromada, azulejos do séc. XVIII e abóbada em caixotões.
  • A atual Igreja de São Vicente é resultado de um templo visigótico ali existente datado de 618, segundo uma lápide funerária que se encontra guardada na sacristia.
  • Situada na rua com o mesmo nome, a Igreja Paroquial de São Vitor, do século XVII, é uma verdadeira obra de arte bem concebida sob a arquitetura maneirista.