Século XVII

O Século XVII mostra o tempo da revolução científica, de Newton, Leibniz, Galileo, Descartes, Pascal e muitos outros. Foi o tempo da colonização das Américas. O estilo barroco predominava e com ele muitas obras foram criadas ou modificadas.

  • A Fortaleza de Juromenha é de arquitetura militar, de raiz medieval, da qual ainda hoje mantém uma parte da muralha do castelejo.
  • A Fortaleza de Nossa Senhora da Conceição do Ilhéu surgiu com os outros dois, o Santiago e o do Pico, e com os constantes ataques dos Corsários e Piratas.
  • De planta poligonal e com quatro baluartes, esta fortaleza é considerada um dos melhores monumentos seiscentista existentes no Algarve.
  • O projeto de fortificação iniciou-se com D. João III na construção de uma fortaleza na península de Peniche, mas só na segunda metade do séc. XVI é que teve início, sob a responsabilidade de D. Luís...
  • O Forte ou Fortaleza de Santiago está situado na praia de Sesimbra, tendo sido edificado no reinado de D. João IV, no século XVII.
  • A Fortaleza, ou Castelo de São João Baptista é um dos marcos da maravilhosa cidade, Património da Humanidade, de Angra do Heroísmo, capital da fabulosa Ilha Terceira, Arquipélago dos Açores.
  • Popularmente conhecida e referida como Fortaleza do Pico, pois está situada no Pico dos Frias, como a Fortaleza de Santiago, esta também serviu a defesa da Cidade.
  • Com mais duas denominações como Castelo da Gafanha e Forte Novo, foi edificado no séc. XVII após o fim da guerra da Restauração, na necessidade de reforçar as fronteiras do Reino.
  • Deste pequeno forte da Carrapateira, construído no século XVII, pouco ou nada resta, simplesmente duas paredes.
  • Também denominado Forte de João ou Forte de São João da Barra, foi edificado em 1670 pelo Conde de Vale de Reis para reforçar a proteção da Ria Formosa e o acesso ao porto de Tavira.
  • Tendo também o nome de Forte de Nossa Senhora da Consolação, esta fortaleza surgiu no âmbito de reforçar a defesa da enseada de Peniche cruzando fogo com a fortaleza da vila.
  • Forte de Meia Praia, ou Forte de São Roque de Lagos, ou ainda de São José, uma vez que este é o seu verdadeiro patrono, é uma construção da segunda metade do século XVII.
  • Forte da Ponta da Bandeira, ou Forte da Nossa Senhora da Penha de França, do século XVII, foi construído entre a fronteira da terra com a água.
  • O Forte de São Pedro da Ericeira, Forte de Mil Regos ou Forte de Milreu foi construído pela época da Restauração da Independência, em 1670, para defesa do litoral.
  • No séc. XVII foi construído este forte como defesa da entrada de piratas e corsários em Lisboa. Situado um pouco a sul do Cabo da Roca, teve a denominação de Forte da Roca.
  • O Forte de Nossa Senhora da Saúde da Trafaria foi construído no século XVII, no tempo do rei D. Pedro II, para proteger a entrada do Tejo em conjunto com as defesas da margem norte.
  • A construção do Forte de Nossa Senhora das Neves é do século XVII, sob a Dinastia Filipina, por determinação de D. João Rodrigues Sá e Menezes, 1º Conde de Penaguião, visando a defesa do porto...
  • Situado junto da Praia de Paimogo tem como nome Forte de Nossa Senhora dos Anjos. Foi edificado após a Restauração da Independência de Portugal para proteção do território.
  • Está situada a sul do monte do Castelo, é um dos símbolos da vila. É datado entre 1640-56, durante as guerras da Restauração com a Espanha.
  • Forte de Santa Catarina ou Fortaleza de Santa Catarina de Ribamar, datada de 1621, construído por ordem de D. João de Castro, Governador do Reino do Algarve.