Século XVI

O Século XVI marcou o desenvolvimento da civilização ocidental. Portugal fez a maior exploração dos oceanos e das regiões asiáticas e africanas e deu a conhecer o Novo Mundo. Criaram-se as colónias portuguesas e espanholas e abriu-se o comércio marítimo através do Oceano Pacífico e do Índico. Nas artes assiste-se ao desenvolvimento do estilo maneirista e principalmente do estilo manuelino, com exemplos representativos em muitos monumentos portugueses.

  • Sem um conhecimento exacto da cronologia ou o local original, este cruzeiro é dividido em duas partes, sendo atribuído a parte do remate aos finais da época medieval.
  • Situado em frente à Igreja Matriz, ergue-se um maravilhoso Cruzeiro de Santiago do século XVI com o elemento da cruz no estilo manuelino.
  • O cruzeiro de São João é um exemplo da arquitectura religiosa manuelina, rico em detalhes e pormenores. Talhado em granito, terá sido construído no séc. XVI.
  • Situado em frente da Igreja do antigo Mosteiro de Jesus, o Cruzeiro de Setúbal está assente sobre uma base com quatro degraus.
  • Um cruzeiro situado num cruzamento de caminhos em terra batida, tem numa das faces a imagem de São Tiago por aqui passar o caminho para Santiago de Compostela.
  • Um cruzeiro com o Cristo Crucificado sobre um pilar quadrado, coberto por uma cúpula assente sobre quatro pilares de secção circular.
  • Após duas deslocações este Cruzeiro, a partir de 1869, foi colocado em definitivo no local em que se situa ao lado da Igreja Matriz.
  • Porto de Mós, um concelho cujo estatuto é reconhecido com o primeiro foral atribuído pelo rei D. Dinis, em 1305, confirmado com o novo foral em 1515, pelo rei D. Manuel.
  • Situada no centro, na praça Dr. João Abel de Freitas, próximo da Igreja Matriz, este edifício construído no século XVI vem de acordo com a arquitetura civil residencial e moderna da época.
  • A história da construção no século XVI do Edifício da Misericórdia continua por fazer, já que nos documentos da Misericórdia de Vila Real não existe qualquer informação.
  • Este edifício foi mandado erigir no século XVI por D. João de Noronha, Conde de Dijon e Alcaide da vila de Óbidos.
  • A Ermida de Nossa Senhora da Assunção é uma construção do século XVI, mandada edificar por portugueses emigrantes do Brasil que trouxeram as influências da cultura desse país.
  • Situada a caminho do castelo, esta Ermida ou Capela começou a ser edificada em 1551, tendo sido concluída em 1573.
  • Dedicada à Padroeira de Portugal, a Ermida de Nossa da Conceição está situada à entrada sul desta vila, no ponto mais alto, o que lhe permite uma posição dominante.
  • Uma ermida do século XVI, foi completada no século XVIII, um local de peregrinação e de grande devoção. Na Casa dos Milagres podemos ver uma imensa quantidade de ex-votos.
  • Este local ermo situado num local a 274 metros de altitude e com uma excelente paisagem a toda a volta, é local de peregrinação ancestral.
  • Situada num pequeno monte a sul da povoação, a ermida de Nossa Senhora do Fetal também se veio a transformar num Santuário, à semelhança de muitos outros.
  • A Ermida de Nossa Senhora do Socorro, do séc. XVI, situa-se nos limites da freguesia de Turcifal, Torres Vedras, no início do concelho vizinho de Mafra, freguesia de Enxara do Bispo.
  • A Ermida de Nossa Senhora do Socorro, do séc. XVI, situa-se nos limites da freguesia de Turcifal e do concelho de Torres Vedras, no início do concelho vizinho de Mafra, dentro de um povoado...
  • Ermida de S. Clemente dos finais do séc. XVI - uma das raras capelas de Alverca que ainda existe, num bom estado de conservação.