Século XVI

O Século XVI marcou o desenvolvimento da civilização ocidental. Portugal fez a maior exploração dos oceanos e das regiões asiáticas e africanas e deu a conhecer o Novo Mundo. Criaram-se as colónias portuguesas e espanholas e abriu-se o comércio marítimo através do Oceano Pacífico e do Índico. Nas artes assiste-se ao desenvolvimento do estilo maneirista e principalmente do estilo manuelino, com exemplos representativos em muitos monumentos portugueses.

  • Fundado em 1550 por Pedro Fernando, escrivão da Câmara da Rainha D. Catarina, o Convento de Nossa Senhora do Carmo fica situado a cerca de um quilómetro de Lagoa.
  • O Convento de Nossa Senhora do Carmo foi edificado para uma comunidade de freiras Carmelitas em meados do século XVI pelo Padre Cristovão Dias.
  • Segundo o painel descritivo e algumas outras descrições, o Convento de Santa Clara foi edificado no espaço onde se encontram os prédios da fotografia.
  • Foi um dos conventos mais ricos de Guimarães, instituído no século XVI pelo Cónego Mestre Escola da Colegiada de Nossa Senhora da Oliveira.
  • O Convento de Santo António foi fundado em 1553, em virtude de um milagre ocorrido nesse ano, e edificado pelo Provincial Frei Miguel de Abrantes.
  • O Convento de Santo António dos Capuchos foi fundado em 1570 e reedificado após o terramoto de 1755.
  • O seu primeiro local data de 1450 tendo duas transferências até ao início do séc. XVI, com a última construção entre 1509 e 1517.
  • O Convento de São Miguel foi edificado a mando do Cardeal D. Henrique com a autorização de Pio V, sendo iniciado no ano de 1569.
  • Edificado em 1558, era o convento da Ordem de São Francisco, sendo utilizado como refúgio dos frades franciscanos.
  • A Igreja do Convento dos Congregados foi inaugurada em 1995, 300 anos depois das obras terem iniciado.
  • O Convento dos Grilos ou Igreja e Colégio de S. Lourenço foi edificado no século XVI pelos Jesuítas, em estilo maneirista, pertencendo ao Colégio da Companhia de Jesus.
  • Convento dos Lóios, ou Convento do Espírito Santo, pertence a um grupo monumental juntamente com a Igreja Matriz e a magnífica escadaria.
  • O aparecimento do Convento na cidade de Bragança teve as mesmas razões de outros conventos, o acolhimentos das filhas dos senhores mais abastados da cidade.
  • Fundado em 1547, quando D. João III institucionalizava as comunidades franciscanas pelo sul do país, as obras arrastaram-se até ao século XVII.
  • A Cruz da Barra também é conhecida por Cruz de São Sebastião devido ao nome da ermida onde esteve no respetivo adro durante mais de 300 anos. O cruzeiro, em estilo manuelino, com 13,64 metros, foi...
  • Situado no adro da Igreja Paroquial de São João de Arroios, este magnífico cruzeiro foi erguido para comemorar a beatificação da Rainha Santa Isabel.
  • Situado num lugar chamado Coimbrã, este cruzeiro foi erguido no ano de 1525 por um senhor muito devoto chamado de António da Costa.
  • Sem um conhecimento exacto da cronologia ou o local original, este cruzeiro é dividido em duas partes, sendo atribuído a parte do remate aos finais da época medieval.
  • Situado em frente à Igreja Matriz, ergue-se um maravilhoso Cruzeiro de Santiago do século XVI com o elemento da cruz no estilo manuelino.
  • O cruzeiro de São João é um exemplo da arquitectura religiosa manuelina, rico em detalhes e pormenores. Talhado em granito, terá sido construído no séc. XVI.