São Francisco de Assis

São Francisco de Assis (1182-1226), de nome próprio Giovanni di Pietro di Bernardone, criou a ordem de completa pobreza dos Frades Menores, ou Franciscanos. Era uma ordem mendicante que faziam uma pregação itinerante imitando à risca a vida de Jesus.

  • Este forte insere-se na lista das fortalezas que integravam a linha defensiva da margem esquerda do Rio Minho e da costa Portuguesa.
  • Situada na ermida de S. Francisco, antiga sede paroquial da vila, foi reformada pela comunidade do Convento de Lóios entre 1581 e 1591.
  • A sua construção iniciou-se no final do séc. XVII, sofrendo alterações de ampliação nos séc. XVIII até às primeiras décadas do séc. XIX, quando foi concluída a fachada.
  • Templo do início do séc. XVIII, demorou dezoito anos a concluir, contudo os acabamentos terminaram em 1761, data da inscrição na porta.
  • Situada junto do Convento de Santo António, com o qual se confunde, é uma edificação dos meados do século XVIII.
  • Igreja de Nossa Senhora da Conceição, antiga Igreja de S. Francisco, do século XIV, pertenceu ao antigo convento do mesmo nome, fundado no século XIII.
  • Esta igreja foi fundada no séc. XV devido a uma petição feita pela população da vila, encabeçada pelo Infante D. Henrique, ao Papa.
  • Em 1383 o Rei D. Fernando, protector dos Franciscanos, impulsionou por decreto o início de obras da atual Igreja.
  • A Igreja de S. Francisco está ligada ao convento com o mesmo nome. Teve uma reedificação iniciada em 1591, sendo a original possivelmente anterior a 1518.
  • Templo de estilo gótico tendo sofrido alterações, principalmente durante o século XVIII em que sofreu uma profunda remodelação de que apenas ficou com o pórtico e a cabeceira.
  • Convento fundado pelos Franciscanos entre 1250 e 1330, a igreja era um dos proeminentes edifícios medievais do Algarve.
  • Como o nome indica, é um templo que pertenceu à Ordem dos Franciscanos e que hoje alberga a Igreja Matriz da Vidigueira.
  • Também conhecida como Capela Venerável da Ordem Terceira de São Francisco, foi construída nos reinados de D. João V e D. José I. De estilo barroco, de traça primitiva, é constituída por uma nave...
  • Igreja Matriz de Amieira, a fachada frontal é simples, sem qualquer decoração, aberta pela porta sobreposta de uma janela para iluminação do coro. A volumosa torre sineira à esquerda da fachada é...
  • Construída nos séculos XVII ou XVIII, com a extinção das Ordens Religiosas, em 1834, o templo caiu em abandono e consequentemente assistiu-se à sua degradação.
  • A Igreja de São Francisco e o Seminário dos Missionários Apostólicos formavam o conjunto do Antigo Convento de São Francisco, que se encontra na via de desenvolvimento da Vila.
  • A Igreja e Convento da Ordem Terceira de São Francisco está situada na parte norte da cidade, numa plataforma sobrelevada em relação à Av. 25 de Abril, a avenida que faz a ligação norte/sul.
  • O Rei D. João III, o frade António e um homem influente na região e Senhor de Tavarede foram os impulsionadores da sua edificação.
  • Igreja do Mosteiro da Nossa Senhora das Virtudes da Ordem de São Francisco, mais um templo religioso ligado a uma lenda, e neste caso pertencente à Igreja de Nossa Senhora das Virtudes pelo...
  • Edificada nos finais do séc XVII deve-se à Ordem Terceira de São Francisco, na qual pretendiam ter sede própria.