Santa Marinha

Santa Marinha, ou Marinha de Águas Santas, foi uma virgem mártir do século II. Pode ter nascido em 119 em Bracara Augusta (Braga) ou em Balcagia (Baiona, Galiza, Espanha). Marinha e as suas 8 irmãs gémeas, segundo a tradição legendária, eram filhas de um governador romano e foram acusadas de serem cristãs. O pai tentou que abandonassem o cristianismo, o que recusaram, sendo presas. Tendo fugido, foram mortas como mártires. Marinha foi decapitada no ano 139 e no local da sua morte foram construídas três fontes.

  • A construção deste templo pode pertencer ao final da época românica, correspondendo ao período entre o final do século XII e inícios do XIII, quando D. Afonso Henriques o doou à Sé de Tuy.
  • Uma igreja teve o seu início em 1910 e a sua finalização 1918, substituindo uma outra mais antiga, tendo como principal orago a Santa Marinha.
  • Sob o orago de Santa Marinha, a Igreja Matriz de Alquerubim está situada no lugar de Fontes, freguesia de Alquerubim.
  • Edificada em 1737, também conhecida por Santa Marinha e considerada como a mais antiga do concelho, esta igreja é de um grande valor interior como exterior.