Palácio

Em Portugal existem palácios por toda a parte, que foram construídos destinados à habitação das famílias reais, dos nobres, dos chefes de estado ou do clero. O seu uso atual na maior parte dos casos mudou para hospitais, museus ou hotéis.

  • O Palácio Reriz situa-se na Praça da República, da primeira metade do século XVIII, foi desde então a residência principal da família.
  • Situado no centro de Lisboa, ao cimo da Calçada de Santana, este edifício do século XVIII é o exemplo puro da arquitetura neoclássica.
  • Situado na parte histórica, está junto de um antigo pano da muralha Fernandina. Foi mandado construir em 1727 por Pedro Costa Lima, fidalgo da Casa Real.
  • Situada na Av. Fontes Pereira de Melo desde 1906, está rodeado de um extenso jardim com anexos onde existiram as cocheiras e casa dos criados.
  • O Palácio do Casal Branco foi famoso porque era naquele local que o rei D. Miguel efetuava os seus divertimentos tauromáquicos.
  • O Palácio do Conde de Farrobo, ou Palácio das Laranjeiras, é uma construção do século XVII, restaurada e embelezada na primeira metade do século XIX.
  • Possivelmente do fim do séc. XIX, este edifício foi residência de António Branco ao tornar-se Juíz de Fora e impulsionador da Maçonaria.
  • Um palácio do séc. XIX, pertenceu ao Primeiro Conde de Farrobo. No teatro do palácio atuaram companhias de ópera italianas.
  • Situado no centro da vila, este imóvel provavelmente é de construção do início do século XVII com alterações no século seguinte.
  • Localização Coordenadas GPS: N 38 42.736' W 009 08.084'
  • Datado dos finais do século XVIII e princípios do século XIX, é composto por duas partes distintas, a oriental mais antiga, e a ocidental mais recente.
  • A compra deste Palácio em 1867 por Miguel José Raio, Visconde de São Lázaro, acabou por definir o nome deste edifício como Palácio do Raio.
  • Este palácio foi mandado construir pelo Rei D. Carlos I em 1896. Tinha um projeto para um pavilhão de caça, um grande interesse do rei.
  • Palácio pertencente à arquitetura civil maneirista, é um dos edifícios situados na ala sul da Praça da República.
  • O Palácio dos Alcaides faz parte do conjunto de edifícios no interior do castelo. Foi edificado posteriormente ao castelo sobre alicerces e muros de edificações anteriores.
  • Palácio aristocrático datado do século XVI, com os seus grandes salões, terraços, jardins, mostra a sua verdadeira imponência.
  • Solar dos Condes de Povolide e Palácio da Quinta da Cerca, são as duas denominações igualmente conhecidas para o edifício situado na Rua 25 de Abril, muito próximo da Igreja Matriz.
  • Este edifício foi edificado entre os séculos XVII e XVIII com a finalidade de habitação dos Condes de Azevedo. De estilo neoclássico, a fachada caracteriza-se pela sua sobriedade e imponência.
  • O Palácio dos Condes de Barbacena foi mandado construir no segundo quartel do séc. XVIII pelo 4º Visconde de Barbacena.
  • Edifício de uma arquitetura civil maneirista, edificada para residência dos Condes de Vimioso no séc. XVII, foi remodelado em séculos posteriores.