Palácio

Em Portugal existem palácios por toda a parte, que foram construídos destinados à habitação das famílias reais, dos nobres, dos chefes de estado ou do clero. O seu uso atual na maior parte dos casos mudou para hospitais, museus ou hotéis.

  • Este palácio foi mandado edificar por D. Maria Francisca Benedita, filha do rei de Portugal D. José I e irmã da rainha D. Maria I, finalizado em 1827.
  • É um edifício de 1883, ajardinado à sua volta, com caraterísticas brasileiras como a balaustrada que integra o frontão triangular e a acentuada linha do telhado. Este é contornado por um jardim, e o...
  • O Palácio dos Condes de Almada, ou da Independência, situado junto do Largo do Rossio e do Largo e Igreja de S. Domingos, pertenceu à família Almada desde o séc. XV.
  • Em 1685 o terreno onde se situa este edifício foi doado para a finalidade de serviços médicos, para a Misericórdia, que acabaria por ser denominado de Hospital de Santa Isabel.
  • Lindo edifício, tipo apalaçado, situado na avenida principal em frente ao mar, perto da Igreja Matriz, pode estar compreendido entre os séculos XV a XVIII.
  • O Palácio da Mitra é do início do séc. XVII, sendo restaurado e ampliado em 1676 e de novo restaurado entre 1716 e 1754.
  • Palácio da Quinta da Piedade, com galeria de arte e uma biblioteca.
  • O Palácio da Rosa, situado no Bairro da Mouraria, é um palácio do século XIX mas tendo sido construído com sinais do século XVI.
  • Este magnificente edifício do século XIX teve o seu início no convento de Loios, e acabou por ser vendido a um particular do qual saiu o nome "Cardosas"
  • Sendo atualmente o Museu Soares do Reis, este Palácio urbano neoclássico teve o seu início de construção no ano de 1795.
  • Este magnífico edifício, que também é conhecido por Palácio da Rainha, encontra-se situado num cenário de encanto natural sendo prestigiado pela não menos famosa Vala Real.
  • O Palácio das Sereias, do século XVIII, liga-se a uma história verdadeiramente trágica, ou simplesmente levada pelos ventos populares.
  • Atualmente conhecido como Palácio de Alqueidão, também é conhecido por Solar do Visconde de Almeidinha ou de Alqueidão e de Nossa Senhora das Neves.
  • Este palácio, dos finais do século XVIII e princípios do século XIX, pertenceu ao Dr. Francisco Cordovil Caldeira de Castel Branco Mousinho de Matos, mais conhecido como Barahona.
  • O Palacete Belomonte, ou Casa dos Pacheco Pereira da qual a família é proprietária, é a demonstração de edifício apalaçado da arquitetura do início do século XVIII.
  • O palácio começou a ser edificado nos finais do séc. XVIII, mandado construir pelo Conde Carvalhal, numa arquitetura dos finais do barroco com elementos neoclássicos.
  • Num monumento com uma amplitude como este, há muitas dúvidas da sua autoria que permanecem. Também não se sabe ao certo em que ano começou a ser construído.
  • O Palácio de Ornelas foi edificado nos séculos XVII e XVIII, pertencente ao grupo das casas solarengas da cidade, importantes no âmbito de edifícios urbanos.
  • Palácio das Sarzedas, é um edifício do século XVII mandado edificar por D. Luís da Silveira, segundo Conde de Sarzedas.
  • O Palácio de Pina Manique começou a ser edificado no projeto que o Intendente Diogo Inácio de Pina Manique tinha para a vila numa tentativa de a tornar grandiosa, incluindo-a talvez na rota das...