Museus e Galerias de Exposição

Um Museu é um espaço temático de exposição. Nasceu do hábito ancestral do colecionismo, seja por razões históricas, afetivas ou materiais. A coleção de objetos implica um espaço para a sua exposição, daí ter nascido um museu, uma construção com uma ou mais salas para exposição desses objetos.

  • Situado na Praia do Barril e com origem em 1842, foi transformado e adaptado a lojas, restaurantes e cafés.
  • A Antiga Fábrica de Cerâmica Jeronymo Pereira Campos foi fundada em 1896. Ali se fabricava os tijolos e as telhas do tipo marselhesa, sendo a única fábrica deste material entre Porto e Pampilhosa.
  • Este edifício do século XIX recebeu a cadeia e atualmente alberga o Museu Eduardo Tavares.
  • Este Atelier-Museu, de autoria do arquiteto Álvaro Siza Vieira e criado pela Câmara Municipal de Lisboa, divulga a obra do artista.
  • Tanto a biblioteca como o museu estão num edifício que foi colégio Jesuíta. É datado do séc. XVII, no local onde está edificada uma igreja denominada de Santiago, de 1282.
  • A Biblioteca Municipal Vergílio Ferreira está instalada no antigo Solar da família Serpa Pimental. Sendo dedicada a este escritor, contém o seu espólio composto por oito mil volumes.
  • Está situada na praça da República, no edifício que está compartilhado entre a Câmara e o Museu.
  • Capela do séc. XVIII, construída em 1743, de estilo maneirista. Este templo foi adaptado para galeria de exposições, após de ter sofrido obras de restauro entre 2000-2001.
  • Uma capela edificada no século XV em conjunto com um hospital, funcionou como sede da Confraria do Espírito Santo dos Mareantes de Sesimbra.
  • Este templo foi mandado edificar pelo infante D. Luís no séc. XVI. De estilo renascentista, destaca-se as colunas no seu interior.
  • Aqui era o Palácio da Cerca, o maior da arquitetura civil dos séculos XVII e XVIII de Almada, com influência barroca e romântica.
  • Esta é a casa onde nasceu o poeta setubalense Bocage, segundo uma placa na mesma.
  • Este pequeno edifício está situado nas traseiras da Igreja Matriz. Possivelmente edificado no início do século XVI, dado a única referência deste imóvel, a parede norte deste mesmo edifício...
  • Casa dos finais do séc. XVIII, como indicam alguns elementos artísticos presentes na fachada, como o brasão envolto por uma dinâmica moldura rocaile.
  • A Casa do Corpo Santo foi construída em 1714. Aí esteve a Confraria dos Navegantes de Setúbal durante alguns séculos.
  • A Casa dos Bicos ou Casa dos Diamantes foi construída em 1523 a mando de D. Brás de Albuquerque, filho do segundo governador da Índia portuguesa.
  • De uma topologia habitacional muito comum nos séculos XVII e XVIII, a Casa das Gelosias, assim também denominada, é o único e raro edifício no género na cidade.
  • Edifício do século XV, a Casa dos Nichos é uma das mais antigas do centro histórico de Viana do Castelo e a mais emblemática. Ostenta na sua fachada duas esculturas de alto-relevo que representam...
  • Esta casa-museu é dedicada ao poeta João de Deus Nogueira e Ramos, que aqui nasceu e viveu. Funciona como biblioteca, hemeroteca, ludoteca, espaço multimédia e sala polivalente.
  • A casa foi construída por volta de 1830 e habitada no período compreendido entre 1863-1890 por Camilo com a Ana Plácido. Em 1922 foi reconstruída e transformada em museu camiliano.