Memoriais

Um Memorial é um monumento erigido para comemoração de um facto, dedicação a singulares ou coletivos, dedicação a uma profissão ou a uma atividade, dedicação a uma figura da realeza.

  • O Campo de Ataca é tão importante historicamente quanto devia estar sinalizado, representando o local da Batalha de São Mamede.
  • Esta aldeia tem o orgulho de ter sido uma verdadeira ajuda na Guerra da Restauração da Independência, assim aqui está o seu memorial.
  • Uma curiosa escultura formada por uma coluna de 7 metros de altura. Em redor da coluna estão várias formas humanas.
  • Na zona nova da cidade existe um monumento criado pela Câmara Municipal de Bragança em homenagem à população rural do concelho. Uma placa indica como data de inauguração desta obra de Barata Feyo o...
  • Uma pequena homenagem ao trabalhador agrícola desta freguesia, na forma de uma das máquinas que se utilizava antigamente nos trabalhos no campo.
  • Igreja Matriz, do séc. XVIII, sob a invocação da Senhora do Rosário.
  • Na transição entre o Centro Histórico e a parte nova da cidade existe um excelente parque para passeio e descanso, o Jardim da Liberdade, ao longo da Avenida Sá da Bandeira.
  • Um espaço ajardinado no centro da cidade, a preencher o Largo de Camões.
  • A "Rosa do Miguel", de verdadeiro nome Rosa Maria Pereira, era uma senhora com dotes de enfermeira que ia a casa dos doentes para os ajudar dando injecções e em outras formas de tratamento.
  • Um dos mais singulares Marmoirais Medievais do País, a sua origem situa-se em meados do séc. XIII.
  • Situada numa das partes mais altas e mais profundas do centro histórico da cidade, este Memorial posiciona-se no Largo da Ferraria.
  • Este memorial é uma homenagem da população a Manuel Vieira Natividade, de autoria do arquiteto Rui Lino. Manuel Vieira Natividade, cujo centenário da morte foi comemorado em 2018, foi uma notável...
  • Num pequeno jardim junto da Igreja Matriz existe um obelisco que é um Memorial aos Combatentes do Ultramar.
  • A batalha de Ourique foi tão importante para o desenrolar da história de Portugal como a localização se tornou numa verdadeira disputa ao reclamar o cenário desta batalha.
  • O Memorial da Ermida estava situado junto da estrada medieval que ligava Porto a Paço de Sousa, e devido às novas vias teve que ser transladado para o atual lugar.
  • O monumento foi edificado para homenagear o papel importante e heróico do povo português nesta guerra, entre os anos de 1807 e 1814.
  • Este memorial, que se situa unto da ponte que atravessa o rio Ceira, serve de homenagem a todos aqueles que serviram na Guerra Peninsular na terceira Invasão Francesa em 1811.
  • O nome deste cruzeiro é em homenagem a todos aqueles que participaram na guerra da Independência.
  • Um dos quatro memoriais existentes no Norte de Portugal, com a mesma tipologia que o de Irivo e o de Arouca, tudo indica a contemporaneidade entre eles, de meados do séc. XIII.
  • Memorial de Odivelas Coordenadas GPS: N 38 47.428' W 009 10.830'