Estilo Maneirista

O Maneirismo foi um estilo artístico com origem na Itália e desenvolvido durante todo o séc. XVI que influenciou principalmente a arquitetura, a pintura e a escultura, mas com sinais também nas outras artes.

Numa forma geral valorizava a originalidade e as interpretações individuais mostrando dinamismo, complexidade, contradição, conflito, elegância e emoção no artificialismo que imprimia nos temas representados.

  • Datado dos finais do século XVII e princípios do século XVIII, neste pequeno templo destaca-se o frontal do altar com painéis de pinturas sobre a madeira.
  • Capela de Santo António, do século XVII, maneirista e barroca, composta por nave e capela-mor em planta longitudinal.
  • A capela, que se crê ter sido construída no século XVIII, apresenta uma planta longitudinal retangular. No interior destaca-se o púlpito e os frontais decorados com motivos fitomórficos.
  • Capela maneirista e barroca dedicada a São Geraldo. É composta por nave e capela-mor mais baixa e estreita, em planta longitudinal. Tem adossadas a sacristia e um anexo.
  • Não há muitos dados referentes sobre esta capela, somente que é uma capela de arquitetura maneirista com sineira e portal de verga reta e óculo.
  • Esta capela foi edificada pela fé dos pescadores locais, sendo dos finais do séc. XV, restando atualmente o portal gótico de arquivolta relevado.
  • Capela seiscentista de arquitectura maneirista e barroca, com nave única e capela-mor retangular.
  • Esta capela do século XVI inicialmente situava-se em frente à Sé mas, com o alargamento do terreiro, a capela foi deslocada com o desmantelamento em 1936 e reconstrução em 1953.
  • Possivelmente do século XX, é composto por um tanque circular de onde sai uma coluna com uma taça circular e uma coluna terminada em pináculo.
  • O Chafariz de São Marcos foi construído nos finais do século XVI para abastecimento de água à cidade.
  • Este chafariz maneirista construído em 1575 situa-se na Praça de Santa Maria em frente da Igreja Matriz da vila de Óbidos.
  • Igreja do Carmo ou de São João Batista, construída no século XVII em estilo maneirista, pertencia ao antigo Convento das Carmelitas Descalças.
  • Teve a sua primeira pedra em 1649, estando parcialmente terminado em 1696 (data da sagração do templo), faltando por isso terminar os claustros, a portaria e aqueduto, que foram terminados em...
  • Deste Convento Franciscano Capucho da Província de Santo António, datado do século XVII, atualmente só resiste a igreja e umas paredes adossadas a esta, pertencentes ao convento.
  • Edifício setecentista a pertencer à primeira metade do século XVIII, ano em que finalizou o claustro, pertenceu à Ordem dos Franciscanos (Capuchos).
  • Edifício maneirista do século XVII, foi fundado pelos Frades Franciscanos. Veio substituir a Capela de Nossa Senhora dos Anjos que acolheu a comunidade de então da extinta Santa Cita.
  • O Convento dos Grilos ou Igreja e Colégio de S. Lourenço foi edificado no século XVI pelos Jesuítas, em estilo maneirista, pertencendo ao Colégio da Companhia de Jesus.