Estilo Barroco

O Estilo Barroco surgiu na Itália e desenvolveu-se desde o final do séc. XVI até meio do séc. XVIII. Sendo considerado o seguimento do renascentismo, mostra mais dinamismo, maior contraste, dramatismo, exuberância e realismo, procurando a vida espiritual e ao mesmo tempo mostrando a materialidade ostensiva.

  • A Igreja e Convento da Ordem Terceira de São Francisco está situada na parte norte da cidade, numa plataforma sobrelevada em relação à Av. 25 de Abril, a avenida que faz a ligação norte/sul.
  • Uma construção do século XVII em estilo barroco, abriu no dia 8 de dezembro de 1681 com quatro monjas e a fundadora do convento.
  • Situada no centro histórico, na parte mais alta da vila, nos jardins centenários, apresenta-se a Igreja do Espírito Santo edificada em 1647.
  • A atual igreja é uma construção do estilo barroco, com uma nave e três altares.
  • A construção desta igreja iniciou no século XVII (1620) para cumprimento do voto a Nossa Senhora da Saúde pela cura da peste que assolou a região, em 1598.
  • A Igreja do Salvador teve o seu início no séc. XIII, sendo em 1570 destruída e dando lugar a uma nova com caraterísticas diferentes.
  • Sendo atualmente a Igreja da freguesia de Ganfei, foi também a Igreja do Convento. Igreja da época do românico, foi alterada em estilo barroco.
  • A igreja, enfermaria, secretaria e torre formam um conjunto fenomenal arquitetado por Nicolau Nasoni em 1732, ano em que se deu o início das obras.
  • Situada mesmo ao lado da estação de São Bento, a Igreja dos Congregados inicialmente destinava-se à Confraria de Santo António de Lisboa.
  • A Igreja dos Trinos fez parte do Convento dos Frades Trinos, cujas obras iniciaram no séc. XVII, sendo a igreja do séc. XVIII.
  • Tanto a igreja como o hospital e a sede da Santa Casa da Misericórdia são do século XVI, tendo surgido a sede nos anos 1501 e 1502 e depois o hospital.
  • A edificação deste convento surge de uma necessidade que os Franciscanos tiveram de um melhoramento de instalações. Realizou-se em 1505 a mando de D. Jaime I, quarto Duque de Bragança.
  • Localizada no largo com o mesmo nome, a Igreja da Graça, que faz parte do Convento da Graça, é uma construção do século XIII.
  • Dedicado a Nossa Senhora da Graça, o Convento dos Agostinhos foi fundado no séc. XVI no espaço onde anteriormente estava erguida a Ermida da Gafaria da cidade.
  • Esta igreja e convento foram fundados em 1585 e foi igualmente a primeira instituição religiosa do género em Castelo de Vide.
  • Depois de peregrinar por Roma e Jerusalém São Gonçalo decidiu fixar-se neste local. Foi sepultado numa capela perto da ponte.
  • O conjunto Conventual do Pópulo foi construído em parte por capricho do Arcebispo Frei Agostinho de Jesus que pretendia ter uma sepultura num local que achasse condigno.
  • Esta fachada é a entrada principal do hospital, uma fachada imponente bem representativa do estilo barroco em Portugal.
  • Igreja de Nossa Senhora da Anunciação, de que só é conhecida uma data, sendo atribuída aos séculos XVI e XVII, a que correspondem um estilo manuelino e barroco.
  • A Igreja de Algosinho, ou Igreja de Santo André, é considerada um templo românico, que se crê pertencer aos finais do século XIII, talvez princípios do século XIV.