Cisternas

Uma cisterna é um depósito ou reservatório de água. Habitualmente tem um sistema de calha para recolher a água da chuva ou do degelo da neve. No tempo romano já eram bastante utilizadas para prover de água as populações e na arquitetura militar era essencial para a sobrevivência das tropas aquarteladas.

  • O Castelo de Leiria teve o seu papel importante juntamente com outros na defesa e no aumento do território de Portugal, formando uma linha central nesta zona desde o litoral até ao interior.
  • Neste ponto mais alto da vila de Miranda do Corvo existiu uma construção fortificada do séc. X, e que estaria referenciada em documentos no Mosteiro do Lorvão.
  • A cisterna é um edifício abobadado com um reservatório com capacidade de 2.300 metros cúbicos de água. No exterior tem uma fonte com um tanque de quatro bicas encimadas por mármore.
  • Da época medieval, a cisterna está situada em cantaria, que comprova a presença árabe na vila.
  • Na parte histórica de Góis, no largo principal da vila, encontra-se um elemento fundamental de fornecimento de água à comunidade. De nome Pombal, esta Cisterna é do século XVI.