Vista de Candosa
Vista da aldeia

Candosa é uma aldeia tipicamente serrana, a 15Km da vila de Góis, onde é mais forte a simbiose entre as gentes e a natureza, com uma vasta diversidade de valores culturais e costumes. É uma aldeia diminuta em número de habitantes, mas rica em história e grande em formosura e potencialidades, sendo o Rio Ceira o elemento que lhe dá mais beleza. O seu trajecto em conjunto com a Ribeira do Carvalhal a torna numa linda península, única na região.

Situada na margem esquerda do rio Ceira, é composta por uma mistura de casas, em sua grande maioria de pedra com telhados de xisto, embora algumas rebocadas. Contém variados factores atractivos tais como um moinho movido a água, um lagar tradicional, que trabalha através de um sistema de varas, datado do ano 1860, uma ponte de estilo românico e outra em madeira.

Tem ainda uma capela isolada no ponto alto da aldeia com vista para o harmonioso vale e casas rústicas da antiga aldeia de Candosa, sendo agora utilizadas para guarida de animais (cabril).

A natureza que a envolve também não é excepção, com espécies de flora raras como azevinhos, azereiros, sobreiros, ervideiros, entre outras, e caminhos antigos à beira rio com paisagens deslumbrantes.

A aldeia orgulha-se da sua gente, tem um produtor de mel, um antigo artesão de colheres de pau e pessoas simpáticas e acolhedoras.

O tempo passou mas as características mais importantes e mais marcantes de Candosa permaneceram vigorosas. Para a conhecer, há que mergulhar profundamente nas suas raízes, apreciar a sua cultura e compreender a mentalidade da sua gente, deixando-se embrenhar no seu encanto natural.

Candosa, publicado em por