Mercado Municipal

Pertencente ao final do século XIX, o mercado municipal surgiu com a revolução do aumento populacional da Figueira, correspondendo de igual modo às necessidades portuárias, comerciais e industriais.

Por esta razão, este edifício entrou no novo planeamento da cidade a fim de se proceder ao assoreamento da barra imaginado por Francisco Maria Pereira da Silva, do qual o mercado tem o nome.

Teve o seu início em 1889, com a finalização em 1892. Da concessão deste teve direito Guilherme de Mesquita, seguindo-lhe a Companhia Progresso Figueirense e finalmente passou a competência para a Câmara Municipal, resolvendo em 1999 efetuar obras de remodelação com o objetivo de actualizar o espaço, mantendo-se assim até hoje e não desprezando as caraterísticas originais.

De planta retangular, apresenta três fachadas com a principal a confinar com o jardim Infante D. Henrique, e dois pisos. Nesta área, as janelas do piso superior são de sacada com gradaria trabalhada e que se hamoniza com a bandeira da entrada.

Coordenadas GPS: N 40 08.913' W 008 51.702'  (40.14855, -8.86170)

Temas / Tags

Figueira da Foz, publicado em por