Solar da Corujeira

Situada numa perpendicular à via principal, este solar do estilo barroco teve no início como donos a Família Morais e Sarmento e Campilho. Edifício de proporções modestas, a sua fachada desenvolve-se numa aparatosa frontaria de prolongamento longitudinal.

A fachada é de dois pisos, sendo o térreo formado por seis janelas rectangulares, estando a porta ao centro de lintel reto. No piso superior é formado por sete janelas  também retas, com sacada de guarda de ferro. Em data posterior, foi acrescentado um terceiro andar ao conjunto, constituído por seis janelas que mantêm os eixos verticais de simetria, cuja feição quadrangular contraria os vãos inferiores.

Para o lado sul destaca-se a verdadeira varanda transmontana, de estrutura de madeira. Para o lado norte, está anexada a capela, dedicada a Nossa Senhora da Oliveira, e ostenta a fachada de três andares, elevando o coroamento acima da frontaria do próprio solar. A fachada apresenta um portal em moldura recortada a que se sobrepõe um janelão lobulado. A empena apresenta um frontão contracurvado e interrompido por um nicho no tímpano para a imagem do Orago.

Este imóvel está classificado como Monumento de Interesse Público.

Coordenadas GPS: N 41 50.151' W 007 00.146'  (41.83585, -7.00243)

Temas / Tags

Vinhais, publicado em por