Este artigo resume os locais a visitar que pode encontrar no Concelho de Torre de Dona Chama e que estão aqui apresentados, mostrando a sua localização no mapa.




    Capela de São Brás (Torre de Dona Chama)

    Capela de medidas pequenas e simples, tem uma planta longitudinal de uma só nave com cunhais de cantaria encimados por pináculos.
    Coordenadas GPS: N 41 39.307' W 007 07.267'
       

    Capela do Senhor dos Aflitos (Torre de Dona Chama)

    Esta pequena capela de planta longitudinal é formada por um só nave. A fachada apresenta um portal de arco abatido, ladeado por dois óculos.
    Coordenadas GPS: N 41 38.376' W 007 07.802'
       

    Castro de São Brás (Torre de Dona Chama)

    Este Castro foi um povoado fortificado da Idade do Ferro. Com poucos panos existentes, este povoado conserva vestígios da Idade de Bronze até à época Medieval.
    Coordenadas GPS: N 41 39.289' W 007 07.253'
       

    Igreja Matriz de Guide (Torre de Dona Chama)

    A Igreja de São Mamede é um templo barroco do séc. XVIII. Correspondente ao verdadeiro contraste rural, a igreja mostra-nos a sua simplicidade em modestas proporções.
    Coordenadas GPS: N 41 38.313' W 007 08.996'
       

    Igreja Matriz de Torre de Dona Chama (Torre de Dona Chama)

    Esta igreja foi edificada no séc. XVIII, estando considerada como dos exemplares melhor conservados da arquitectura religiosa barroca.
    Coordenadas GPS: N 41 39.137' W 007 07.596'
       

    Pelourinho de Torre de Dona Chama (Torre de Dona Chama)

    O Pelourinho da Torre Dona Chama é dos mais antigos de Portugal, pois esta vila recebeu o seu primeiro foral ainda no tempo do reinado D. Dinis, decorria o ano de 1287.
    Coordenadas GPS: N 41 39.138' W 007 07.641'
       

    Ponte de Pedra (Torre de Dona Chama)

    Esta ponte de pedra atravessa o rio Tuela, ficando na estrada que faz ligação da Torre Dona Chama a Valpaços.
    Coordenadas GPS: N 41 39.921' W 007 08.748'
       

    Vista Geral de Torre de Dona Chama (Torre de Dona Chama)

    O nome desta terra remonta a uma lenda segundo a qual havia uma torre em que a dona tinha tanto de belo no seu rosto como de tão feio os seus pés.