No século XVIII havia indicação da possível existência de um mosteiro da Ordem de São Bento, do século VI, e de uma igreja que remonta ao românico, no século XII, que substituiu um templo muito mais antigo.

História

Igreja do Divino Salvador

Na primeira metade do século XVIII, por intermédio do padre de então, Carvalho da Costa dá-nos conta da possível existência de um mosteiro antigo da Ordem de São Bento, remontando à fundação de São Martinho de Dume, e de uma igreja que remonta ao românico, ainda com estrutura original.

Todavia, a Igreja do Divino Salvador viria a ser construída no século XII no local do templo original, que sofreu nos finais do século VIII e nos finais do século XIX campanhas de obras que viriam a dar o aspeto atual ao templo, sendo na primeira campanha aproveitadas pedras do antigo templo românico.

Descrição

Igreja do Divino Salvador
Igreja do Divino Salvador
Igreja do Divino Salvador

Desenvolvida longitudinalmente, é formada de nave única com capela-mor mais estreita. Adossada a esta, à esquerda e num plano mais recuado, a torre sineira, e atrás desta a sacristia.

A fachada em frontão triangular tem como aberturas o portal principal em verga reta encimado por um frontão contracurvo interrompido por motivo concheado. Este é ladeado por duas janelas em tímpano retangulares em altura. É rematada pelo frontão triangular, encimada por uma cruz latina e ladeado por dois pináculos.

Localização

Esta igreja está situada no final do Largo do Divino Salvador, uma perpendicular à estrada nacional.

Coordenadas GPS: N 41 35.591' W 008 31.316'  (41.59318, -8.52193)

Temas / Tags

Cervães, publicado em por