Igreja do Divino Salvador
No século XVIII havia indicação da possível existência de um mosteiro da Ordem de São Bento, do século VI, e de uma igreja que remonta ao românico, no século XII, que substituiu um templo muito mais antigo.
Temas / Tags
Igreja do Divino Salvador

Na primeira metade do século XVIII, por intermédio do padre de então, Carvalho da Costa dá-nos conta da possível existência de um mosteiro antigo da Ordem de São Bento, remontando à fundação de São Martinho de Dume, e de uma igreja que remonta ao românico, ainda com estrutura original.

Todavia, a Igreja do Divino Salvador viria a ser construída no século XII no local do templo original, que sofreu nos finais do século VIII e nos finais do século XIX campanhas de obras que viriam a dar o aspeto atual ao templo, sendo na primeira campanha aproveitadas pedras do antigo templo românico.

Descrição

Igreja do Divino Salvador
Igreja do Divino Salvador
Igreja do Divino Salvador

Desenvolvida longitudinalmente, é formada de nave única com capela-mor mais estreita. Adossada a esta, à esquerda e num plano mais recuado, a torre sineira, e atrás desta a sacristia.

A fachada em frontão triangular tem como aberturas o portal principal em verga reta encimado por um frontão contracurvo interrompido por motivo concheado. Este é ladeado por duas janelas em tímpano retangulares em altura. É rematada pelo frontão triangular, encimada por uma cruz latina e ladeado por dois pináculos.

Veja Também

Localização

Esta igreja está situada no final do Largo do Divino Salvador, uma perpendicular à estrada nacional.

Coordenadas GPS: N 41 35.591' W 008 31.316'  (41.59318, -8.52193)
Cervães, publicado em por