Não se sabendo ao certo qual a sua data de fundação, crê-se ser do ano de 1131 perante uma carta de couto passada por D. Afonso Henriques à Ordem de São Bento.

Origem do Mosteiro

Mosteiro de S. Miguel de Refojos
Fachada frontal
Mosteiro de S. Miguel de Refojos
Fachada sul
Mosteiro de S. Miguel de Refojos
Dependências
Mosteiro de S. Miguel de Refojos
Igreja e Mosteiro

Contudo, neste lugar existiu um centro monástico, de origem anterior, o antigo Mosteiro de São Miguel, à sombra da qual se desenvolveu a população de Refojos. Foi enquanto casa Beneditina, contemporânea da fundação da Nacionalidade.

Ascenção, Queda e Recuperação

O período seguinte foi de crescimento, com o mosteiro a tornar-se um verdadeiro latifundiário de terras e propriedades, seguindo-se um período de decadência, devido a uma gestão ruinosa dos abades comendatários. Começou a sua recuperação em 1570 quando o mosteiro foi integrado na Congregação Beneditina Portuguesa.

Em eleição efectuada em Capítulo Geral, os abades trienais tomaram conta da gestão deste mosteiro, passando assim a recuperação económica e arquitectónica, e vindo a sofrer obras nos vários períodos entre os séculos XVI e XX.

Descrição

Mosteiro de S. Miguel de Refojos
Nave - Altar-mor
Mosteiro de S. Miguel de Refojos
Altar-mor
Mosteiro de S. Miguel de Refojos
Nave - Coro
Mosteiro de S. Miguel de Refojos
Coro

Igreja longitudinal, em cruz latina, nave única, possuindo capela-mor retangular.

Dependências monacais, correspondendo a dois corpos, sendo um retangular em torno de claustro e outro em L, com pátio interior, correspondendo às instalações do colégio.

Portal principal de verga reta, com portas com almofadadas talhadas.

Torres sineiras integradas na fachada principal rematadas por entablamento semicircular encimadas por pequena balaustrada com urnas nos ângulos.

Classificação

Este Monumento está classificado como Imóvel de Interesse Público, tendo em 2014 a Câmara pedido a sua reclassificação para Monumento Nacional.

Localização

Coordenadas GPS: N 41 30.813' W 007 59.619'  (41.51355, -7.99365)

Temas / Tags

Cabeceiras de Basto, publicado em por