Situadas a poucos metros uma da outra, a Anta Grande de Corte Serrão e a Anta Pequena foram descobertas e estudadas pela primeira vez por José Fragoso de Lima em 1944.

A Anta Grande

A Anta Grande é composta por uma câmara poligonal com o esteio da cabeceira a medir 2,5m x 1,7m, na parte visível. Com a entrada está virada a nascente, tem um corredor com cerca de 17m de comprimento. Possivelmente na origem era mais comprido.

Na entrada são visíveis alguns esteios que possivelmente formariam uma cobertura.

A Anta Pequena

A Anta Pequena é do mesmo modo composta por uma câmara poligonal com sete esteios. Tal como na anta grande, estão inclinados para o interior. O maior tem 2,1m x 1,2m.

Tal como na maior a entrada estaria virada para nascente, com um corredor, mas tal já não existe.

Estudo das Antas

As duas antas foram estudadas por José Fragoso de Lima pela primeira vez em 1944. Em 1973 foram referidas por Manuel António Frade, um aluno do liceu de Beja. Só então foram catalogadas pela Junta Nacional da Educação.

Localização

Coordenadas GPS: N 38 11.111' W 007 33.572'  (38.18518, -7.55953)

Referências

Temas / Tags

Pedrógão, publicado em por