Ao contrário da maior parte dos templos religiosos, a Igreja de Santa Maria tem como orago a Nossa Senhora da Assunção, nome atribuído ao facto deste templo ter sido local de uma mesquita muçulmana, e que estas eram quase sempre sacralizadas com o nome da Virgem.

Orago da Igreja

Igreja de Santa Maria, Beja
Fachada da Igreja
e Anexos

Ao contrário da maior parte dos templos religiosos, a Igreja de Santa Maria tem como orago a Nossa Senhora da Assunção.

O nome da igreja é atribuído ao facto deste templo ter sido local de uma mesquita muçulmana, e que estas eram quase sempre sacralizadas com o nome da Virgem. Anterior à mesquita, tinha sido um templo visigótico.

História

Como tal e segundo fontes documentais a Igreja de Santa Maria fundou-se em 1259, com licença de D. Afonso II, tendo sido concedida em 1270, pelo mesmo rei, à Ordem de São Bento de Avis. É considerada uma das igrejas mais antigas de Beja e igualmente considerada como um dos melhores exemplares do gótico alentejano, preservando do período medieval a abside.

Este templo acabaria por receber a Irmandade da Santa Casa da Misericórdia durante cinquenta anos (1500-1550), que mais tarde acabaria por ser deslocada para a Igreja da Irmandade. Com o decorrer dos tempos, este templo viria a sofrer profundas alterações, apesar de restarem traços do medieval, ainda que muito mutilados.

Classificação

Este exemplo religioso está classificado como Imóvel de Interesse Público, bem como o conjunto dos edifícios pertencentes à igreja e a torre do relógio anexa.

Localização

Coordenadas GPS: N 38 00.893' W 007 51.771'  (38.01488, -7.86285)

Referências

Temas / Tags

Beja, publicado em por