Palácio de Alqueidão e Capela

Atualmente conhecido como Palácio de Alqueidão, também lhe são atribuídos nomes como Solar do Visconde de Almeidinha ou de Alqueidão e finalmente uma terceira designação de Nossa Senhora das Neves. Considerado ao longo dos tempos como Solar, este edifício é um dos poucos existentes em Ílhavo sob semelhante designação.

Datado dos finais do século XVII, período em que terminou a capela anexa, serviu de moradia aos mais influentes políticos regionais dos séculos XVII e XVIII, inclusivamente a Dona Maria Benedita de Souza Queiroz Pizarro.

Descrição

De planta retangular, de dois pisos, sendo o piso superior constituído por seis sacadas em guarda de ferro, de lintel e cornija. No piso inferior, o rasgo do portal principal está centrado pelas janelas do piso superior. É ladeada por dois postigos e quatro janelas quadradas, correspondentes às janelas do piso superior.

No lado norte está anexada a capela com três rasgos, o portal e duas janelas a ladear, sendo a porta sobrepujada de entablamento e este encimada por um nicho. É finalizada por um frontão curvilíneo centrado com uma cruz e na parte lateral direita por uma sineira.

Sofrendo do mesmo mal da maioria dos solares, este foi recuperado em 2001, tendo mantido somente a fachada, transformando-a na Biblioteca Municipal.

Localização

Coordenadas GPS: N 40 36.315' W 008 40.288'  (40.60525, -8.67147)

Temas / Tags

Ílhavo, publicado em por