Capela de Vista Alegre
Capela de Vista Alegre

Conhecida como a Capela da Vista Alegre, uma vez que este templo religioso está situado no complexo da fábrica, é de referir que o corpo central deste templo remonta a um tempo muito mais antigo. Por isso é de direito que a capela seja individualizada do resto que a circunda, mesmo com a edificação das duas torres sineiras.

Dedicada a Nossa Senhora da Penha, foi edificada entre os séculos XVII e princípios do XVII (1632-1706) pelo Bispo de Miranda, D. Manuel de Moura Manuel, na sua quinta em Ílhavo. Devendo ficar pronta para receber os restos mortais do bispo, assim não aconteceu pois este morreu em 1699, vindo só simplesmente a ser trasladado em 1706, ano em que ficou pronta.

De caraterísticas maneiristas, apresenta na sua fachada principal elementos barrocos e proto-barrocos. Constituída de uma planta longitudinal, é formada por um nave e capela-mor, sendo-lhe anexadas no séc. XIX duas torres sineiras enquadrando com o pano central. Este pano é rasgado pelo portal central de verga reta encimado por um nicho de colunas torsas com a imagem da Nossa Senhora da Penha e o Menino. Este conjunto está ladeado por duas janelas retangulares ao nível da porta e outras duas janelas mais pequenas ao nível do nicho. Separadas por um friso, termina por um frontão triangular de decoração ritmada com óculo central e uma cruz.

As torres sineiras apresentam quatro janelas pequenas e quadradas, continuando com o friso do pano central a separar as quatro aberturas em arcos de volta perfeita e das quais as duas do pano central possuem sineiras. É finalizado por coberturas bulbólicas, sendo ladeadas por quatro pináculos.

Esta capela entrou na lista dos classificados como Monumento Nacional desde 1910.

Coordenadas GPS: N 40 35.345' W 008 41.036'  (40.58908, -8.68393)

Temas / Tags

Ílhavo, publicado em por